Covão d’Ametade

 

Ali, bem escondido no meio da Serra da Estrela, fica o Covão d’Ametade. Embora pouco conhecido, o Covão é, seguramente, uma das maravilhas de Portugal. É aqui, neste vale encantado que nasce o Zêzere. Depois de passar por Manteigas e de dar a volta à Serra, começa a sua descida, atravessando a Cova da Beira, e depois o pinhal em direcção ao Tejo que irá encontrar lá muito abaixo, na ribatejana Constância.

Aqui ficam algumas imagens dos primeiros passos do longo caminho que estas águas vão percorrer.

 

Aqui, com o Covão ao fundo, encontrámos um pastor com o seu rebanho de ovelhas. O registo que aqui fica é apenas um singelo testemunho e não faz justiça à magia do lugar e das suas gentes. Um mundo cada vez mais inacessível a quem já não se consegue libertar da vida urbana.

 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Beira-Baixa, outros lugares com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s